17 maio 2010

Fantasias









Impression du Soleil Levant - 1873
(Museu Marmottan, Paris)
Quadro de Claude Monet que deu início ao
Movimento Impressionista

Para além da fantasia
Existem lagos azuis
Carregados de maresia
Minaretes a brilhar
Sempre que nasce o dia.
Cidades à beira-mar
Enluaradas de prata
Rios enevoados
A galgar o horizonte
Laranjais de sol poente
Brisas perdidas no monte
E no silêncio perfeito
O leve cantar da fonte
Que transbordando o negrume
Vai deitar-se no caminho
Desfolhando gota a gota
O teu suave perfume
O teu riso de menino.

2 comentários:

PM disse...

Só para deixar sinal de que passei por aqui.
É como um padrão que deixo para dar fé da minha passagem...

Petrarca

Rafael Lotério disse...

Monet é e será sempre como um amanhecer: convidativo, esplendoroso, inexplicável e...simplesmente "belo".