26 novembro 2008

1 comentário:

Arnaldo Norton disse...

Fabulosa interpretação. Parabéns pela escolha.
É a música ideal para se ouvir às escuras, em silencio e...para sonhar!